sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

É o sabor

È O SABOR

Paródia da música “È o amor” (Zezé di Camargo & Luciano)


Eu não vou negar que sou louco pelo mé
Bebo cedo no café e antes de almoçar
Eu não vou negar que não me importa a qualidade
O que interessa é quantidade, eu quero é degustar

Eu não vou negar que sou louco pelo mé
Fico até de quatro pé e chego a vomitar
Você bebida desgraçada é minha alegria
Me joga na calçada quase todo dia
E só o camburão vem me recolher
Eu sou aquele embriagado muito irreverente
Chato, atrevido e muito indecente
Que esqueceu da vida e só pensa em beber

Coro

É o sabor, que faz a minha cabeça e me deixa assim
Me faz esquecer do dever e até mesmo de mim
Me faz pensar que a vida é feita prá beber
É o sabor, que me deixa com um bafo forte e ainda loução
Me faz esquecer da vida e da obrigação
Eu acho até que não sou nada, se eu não beber

Autor: Mauro Máximo da Silva
Membro da “ALIANDRA”

Um comentário:

  1. Mauro que legal essa Paródia adorei..rsrsrs Parabéns!! Muito criativo!!

    ResponderExcluir